Entrar com Facebook

Assistir Bellator 150 - Dudu Dantas x “Loro” Galvão ao vivo 26/02/2016

Assistir Tv

TAGS:Assistir Dudu Dantas x “Loro” Galvão Ao Vivo,Dudu Dantas x “Loro” Galvão,Dudu Dantas x “Loro” Galvão Ao Vivo em HD,Assistir Dudu Dantas x “Loro” Galvão Dia: 26/02/2016,Dudu Dantas x “Loro” Galvão Horario do jogo 23:00,Dudu Dantas x “Loro” Galvão online, Dudu Dantas x “Loro” Galvão Como Assistir ao vivo grátis?,Ver online Dudu Dantas x “Loro” Galvão ao vivo grátis.

23h00 - MMA, Bellator 150: Dudu Dantas x “Loro” Galvão (card principal)

laughing

O Bellator 150 sofreu um grande desfalque na véspera do evento, que será nesta sexta-feira, em Kansas (EUA). O campeão peso galo, Marcos ‘Loro’ Galvão, que defenderia o cinturão contra Dudu Dantas, contraiu uma doença, não revelada, e foi retirado do card por orientações médicas. É a segunda vez que o duelo entre os brasileiros é cancelado. Em outubro passado, Dantas se afastou por causa de uma lesão na costela.

Doença de campeão frustra planos do Bellator, e luta contra Dudu Dantas é novamente cancelada

Dono do cinturão peso galo, Marcos Galvão se ausenta do evento na véspera



Marcos Galvão e Dudu Dantas se enfrentariam pelo duelo principal da noite. Seria a revanche entre os dois, ex-companheiros de equipe na Nova União, depois que Dantas, então campeão, manteve o cinturão ao ganhar por nocaute em 2013. Dudu perderia o título para Joe Warren, que acabou batido por Galvão. Com o cancelamento da luta, os protagonistas do Bellator 150 serão Cheick Kongo, ex-UFC, e Vinícius Spartan.

Dudu Dantas bateu o peso nesta quinta-feira, e por isso receberá a bolsa integral para a luta, apesar do cancelamento. O desafiante, que ainda treina na Nova União, divulgou nota à imprensa lamentando a doença do campeão e a ausência do duelo na programação do Bellator 150. Confira o comunicado:

Inicialmente, informo que não quero fazer desse episódio um capítulo polêmico envolvendo o Marcos "Loro" Galvão, lutador profissional e pessoa que respeito muito e tenho um carinho grande, e muito menos o Bellator, organização de MMA que defendo com orgulho. Minha intenção com este comunicado é apenas revelar aos fãs e à imprensa minha posição sobre o assunto.

Desejo, sonho, vivo, espero por essa luta desde o dia 11 de outubro de 2014, dia seguinte ao ocorrido dentro do cage do Bellator 128, em Oklahoma, nos Estados Unidos, palco da minha luta contra Joe Warren. Perdi na contagem dos juízes laterais. Muita gente questiona aquele resultado, especialmente por um golpe irregular que sofri no último round, mas nunca reclamei. Quando indagado sobre o assunto, não o aponto como responsável pela derrota. Aceitei o revés, a perda do cinturão. Não sou homem e nem lutador de ficar de ‘mimimi’, e o que fiz foi treinar com mais vontade, mais gana, tudo para um único objetivo: subir no cage e lutar pelo título da categoria peso-galo novamente.

Venci mais um adversário duro (Mike Richman) para conquistar essa vaga, ficar próximo do meu foco atual. Me lesionei no meio do caminho, o que é normal nos treinos de intensidade alta, como são os de MMA. Posterguei meu sonho, mas me dediquei ainda mais. Investi na minha carreira, contratei novos treinadores, mudei minha alimentação para melhor, arquei com passagens para meus treinadores, os instalei no mesmo hotel que eu em Kansas, e tudo isso para não dar nada errado. Bati o peso da luta e me sacrifiquei na dieta, o que não é nada fácil para lutador nenhum.

Todos os pontos supracitados se unem e formam o sentimento que vivo agora, o de frustração. É horrível ficar perto do que você tanto almeja, algo que já foi seu e você quer de volta, e não poder lutar para conquista-lo. Eu não desejo isso para nenhum companheiro de profissão. E já passei por isso, poderia ter frustrado um adversário, o evento e milhares de fãs.

Em março de 2014, quando tive Anthony Leone como desafiante ao título, me senti muito mal depois da pesagem oficial, já na madrugada do dia da luta. Fui ao hospital, consultado por médicos, e, mesmo com dores no corpo e com diarreia, optei por lutar. Os médicos e o Bellator me deram a opção de escolha, e escolhi não decepcionar ninguém, apesar do incidente.

Não sei o que houve com o Loro, não sei o quadro no qual ele se encontra, e não vou culpa-lo por nada. Apenas quero entrar em ação pelo título. Por isso, me coloco à disposição para lutar nesta sexta-feira, dia 26 de fevereiro, por um cinturão interino, contra qualquer peso-galo do Bellator ou de fora, caso seja contratado pela organização.

Quem estiver com a mesma vontade que eu estou, lutar e dar um show para os fãs de MMA, procure o Bellator. Eu farei o possível para convence-los de fazer essa luta acontecer!

Obrigado,
Eduardo Dantas Viana


Bellator 150

Nesta sexta-feira
Kansas Star Arena, em Mulvane, Kansas

Card principal


Cheick Kongo x Vinícius Spartan
Bobby Cooper x David Rickels
Gaston Reyno x Chuka Willis
Francisco France x Kendall Grove
Lena Ovchynnikova x Rebecca Ruth

Card preliminar

Gregory Babene x Brandon Farran
David Hammons x Kyle Noblitt
Chris Harris x Julian Marquez
Henry Lindsay x Marcio Navarro
Thai Clark x Deron Carlis
André Fialho x Manuel Meraz
Jonathan Gary x Jason Witt

Curta-nos no facebook!
Publicidade
Parceiros
Tv Online Downloads Tá na Tv
Notícias
Baixe Fácil
Parceiros link
Tudo TV - Todos direitos reservados!